SEO: O que é, como funciona e porque você precisa

 SEO: O que é, como funciona e porque você precisa

Por Isabella Neuwald  

 

Sumário em 30 segundos: 

  • SEO é a disciplina que orienta a otimização de conteúdos e plataformas para ranqueamento em mecanismos de busca. 
  • O Google tem 3 robôs responsáveis por analisar, avaliar e testar os sites e páginas. 
  • SEO é uma disciplina apoiada em estrutura, conteúdo e links. 
  • Uma equipe de SEO qualificada é fundamental para garantir o posicionamento orgânico dos sites. 

 

 O que é SEO?

SEO significa Search Engine Optimization (em português, Otimização para Mecanismos de Busca). É a disciplina responsável por orientar otimizações para conteúdos e plataformas web, com o objetivo de ranqueá-los nas primeiras posições das páginas de resultado de mecanismos como o Google. 

“Calma… quê?!” 

Sabe quando, por exemplo, você pesquisa por “tênis branco” no Google e espera que ele te traga os melhores links para sua busca? E eu não estou falando dos anúncios pagos, mas da parte orgânica. Aquele primeiro link não precisou pagar para estar ali: foi qualificado como um dos melhores resultados para o tema, ou seja, está otimizado e merece estar na primeira página do Google. 

“Ah, então quer dizer que meu site pode chegar nas primeiras posições sem que eu precise pagar por isso?” 

Sim, é possível! Mesmo que os principais termos do seu site sejam super concorridos, SEO consegue elaborar estratégias para palavras-chave específicas e menos concorridas e, assim, evoluir o seu site. 

“Palavras-chave? Eu li sobre isso! Eu só preciso usar várias vezes a mesma palavra-chave na mesma página e o Google vai entender que aquele conteúdo é longo e completo, levando meu site até as primeiras posições, não é?” 

Não, essa estratégia é muito popular, porém, pouco recomendada. Inclusive, o Google constantemente realiza atualizações que impedem os donos de site de agir com ações blackhat para “burlar o algoritmo” forçando o ranqueamentoAliás, na atualização mais recenteum dos principais fatores de ranqueamento apontados pelo mecanismo é a satisfação do usuário e sua experiência nas páginas. (E, cá entre nós, estufar o texto com a mesma palavra não é nada agradável, né?). Confira alguns mitos e tendências sobre SEO para 2020. 

Vamos entender um pouco melhor sobre o Google e tornar tudo mais claro: 

 

Como funciona o Google?

O Google tem três robôs para entender os sites:  

  • Spider, também chamado de crawleré responsável por rastrear o site e suas páginas;  
  • Juiz, que coleta as informações do Spider e utiliza mais de 200 fatores para julgar e ranquear cada página; 
  • Rankbrain, que testa os resultados na SERP (página de resultados de busca) para encontrar os melhores conteúdos e experiências para os usuários. 

Com essa inteligência, os mecanismos de busca conseguem identificar a intenção do usuário pela forma como ele pesquisa, oferecendo páginas informacionais ou transacionais, de acordo com cada objetivo.  

Na disciplina de SEO, é necessário analisar o mercado e otimizar cada tema e tipo de página para que a relevância do site cresça, melhorando o posicionamento orgânico. 

 

Os pilares de SEO

SEO apoia-se, basicamente, em 3 pilares: Estrutura, conteúdo e links. 

1. Estrutura:  

A missão dos analistas é tornar a estrutura do seu site a melhor possível, fazendo com que não apenas seus clientes consumam o seu conteúdo de maneira fluida, mas também o crawler consiga entender as páginas com facilidade. Assim você aumenta suas chances de ranquear nas primeiras posições ou em posições de destaque como cards de resposta ou estrutura de FAQ.

                                                       Exemplo de card de resposta sobre “sintomas de bronquite” 

 


                                                           Exemplo de destaque de FAQ para “tabela fipe 

2. Conteúdo

O conteúdo certo, para as pessoas certas, de forma completa e pertinente. SEO pode te ajudar a rastrear conteúdos que você ainda não havia pensado que pudessem ser procurados pelo seu público e te orientar a produzir, ou então otimizar o que você já tem com informações novas. Lembre-se: o Google sempre vai priorizar respostas adequadas para que usuário procura. E como você vai saber o que ele procura? Com o time de SEO. 

3.  Links 

Toda a Web é conectada por links e é assim que o Spider navega pelo seu site. Com uma boa estratégia de linkagem interna, você garante que o crawler sempre passe pelo seu site e o atualize no seu banco de dados. Os backlinks (links vindos de outro site) podem receber uma pincelada de estratégia também, mas costumam vir de maneira orgânica sempre que existe conteúdo de qualidade. 

 

Por que eu preciso de SEO? 

As vendas online estão em constante crescimento. Segundo o Website Hosting Rating, o número de sites publicados na web aumentou cerca de 192% em 4 anos, totalizando, em janeiro de 2020, mais de 1,7 bilhões de sites ativos na internet. A mesma fonte aponta que: 

  • Meio bilhão de dólares são perdidos a cada ano por conta da lentidão de sites; 
  • 40% dos consumidores abandonam páginas que levam mais de três segundos para carregar; 
  • Espera-se que 47,3% da população mundial compre online em 2020 (esse número pode ser ainda maior por conta do Covid-19); 
  • 71% dos compradores acreditam que conseguirão um negócio melhor online do que nas lojas. 

 

Ou seja, hoje em dia, já não basta estar presente na web. Para competir com seus concorrentes, é necessário que você tenha presença de qualidade, que seus conteúdos sejam, completos e bem estruturados e que você ofereça uma ótima experiência ao usuário.  

 “Mas, se eu fizer isso uma vez, meu site vai performar bem pra sempre?” 

Não. SEO é uma disciplina perene. Otimizar seu site uma vez pode trazer muitos resultados positivos, mas seus concorrentes não esperam por você: a manutenção constante é fundamental para que seu site não fique para trás. 

A disciplina tem como missão acompanhar os movimentos de mercado, os modos de consumo, as diferentes intenções de busca no decorrer do ano, e preparar seu site para cada cenário. Se alguma mudança acontece – como, por exemplo, uma pandemia –, seu site vai estar preparado para isso?  

Confira os principais impactos do COVID-19 nas tendências de buscas e estratégias digitais. 

 

Como funciona uma consultoria de SEO? 

A consultoria de SEO consiste em realizar um diagnóstico do seu site e da concorrência, analisando as principais necessidades de curto e longo prazo. A partir dos dados, é possível orientar a, criação de páginas, otimização de conteúdo e, estrutura de site. 

Na i-Cherry, a consultoria conta com uma equipe especializada de analistas, preparada para receber a sua empresa, realizar diagnósticos e orientar as melhores práticas de SEO, garantindo a evolução orgânica do seu site e colaborando, também, com as estratégias de áreas como Web Analytics, UX, Mídia e, Criação Data Driven. 

De acordo com André Tulio, analista de SEO SR da i-Cherry, a competência de SEO na agência é diferenciada, pois une estratégia, técnica e análise de dados. “Por trabalharmos com clientes de grande porte, procuramos embasar sempre as nossas orientações com Estudos, assim, conseguimos enfatizar a importância de mudanças para as equipes do cliente (Marketing, T.I, Diretoria) e ter resultados ainda mais assertivos”, explica o especialista, que possui mais de oito anos de experiência na área.” 

 

Saiba maisSEO 2020: Mitos e Tendências 

Artigos relacionados: App Store Ranking: Como ranquear seu aplicativo dentro das Stores